Notícias | Turismo

ACERT quer inclusão da pesca esportiva no MTUR

ago 29, 2023 | Notícias, Turismo

Em carta entregue nesta segunda-feira (28) ao ministro do Turismo, Celso Sabino, durante sua visita a Campo Grande com a Caravana da Sudeco, a ACERT (Associação Corumbaense das Empresas Regionais de Turismo) reivindicou a inclusão da pesca esportiva na estrutura organizacional do Ministério do Turismo pelo crescimento do mercado nesse segmento e sua importância na cadeia do turismo.

“Hoje a pesca esportiva está inserida no Ministério da Pesca e Aquicultura e não tem a visibilidade que o setor almeja dentro do competitivo mercado, além do reconhecimento, o fomento, a promoção, o fortalecimento e a estruturação deste importante segmento do turismo no Brasil”, cobra a entidade corumbaense formada por 16 empresas associadas, as quais geram mais de mil empregos na Capital do Pantanal.

Na carta assinada pelo seu presidente, o empresário Luiz Antônio Martins, a ACERT afirma que o Pantanal de Corumbá foi a porta de entrada para a estruturação do turismo de pesca esportiva em Mato Grosso do Sul e o segmento tem importante participação na economia pantaneira, especificamente no município, que detém a maior porção territorial do bioma.

Importância econômica

Conforme o documento, a ACERT, em parceria com órgãos afins dos municípios da região e do Estado de MS, “trabalha sempre em busca da sustentabilidade do turismo de pesca esportiva no Pantanal Sul, e participamos, efetivamente, das discussões sobre os rumos e medidas do ordenamento e crescimento da pesca esportiva”.

Além de o destino de pesca esportiva contar com a melhor estrutura fluvial para a prática desse esporte – os associados da ACERT administram 20 barcos-hotéis, 2 barcos de passeio, 3 hotéis, 1 loja de produtos e equipamentos para pesca esportiva e náutica, e uma concessionária de barcos e motores náuticos -, as condições ambientais do Pantanal também propiciam alto índice de satisfação aos pescadores pela piscosidade dos seus rios.

“As inundações anuais do Pantanal aliadas às características físicas próprias da região permitem relevante produção natural de peixes. As duas condições associadas auxiliaram na estruturação da pesca esportiva como importante atividade econômica, social e ambiental em nossa região”, diz a carta entrega ao ministro do Turismo pelo diretor da ACERT Ademilson Esquivel.

Ainda em Campo Grande, o dirigente da entidade participou da reunião ordinária do Conselho Estadual de Turismo, oportunidade em que pediu o apoio do órgão e seus membros para ratificar a solicitação feita ao ministro Celso Sabino. O mesmo pedido será feito ao Governo do Estado, por meio da Fundação de Turismo (Fundtur).

(Assessoria de Imprensa da ACERT)